NÃO MAIS CASADOS, MAS AINDA COMPROMETIDOS

O PAPEL DA IGREJA FACE À DECRESCENTE INFLUÊNCIA CRISTÃ

Autores

  • Dr. Joel Biermann Professor no Concordia Seminary, Saint Louis, Estados Unidos.
  • Charles Ledebuhr

Palavras-chave:

Igreja. Estado. Fé genérica.

Resumo

Biermann aborda o “divórcio” entre a igreja e a cultura norte-americana como um fato amplamente reconhecido. Primeiro, pelo fim do “constantinianismo”, termo usado para descrever a relação mútua e de apoio entre a igreja e Estado. Em segundo lugar, pela ascensão de posturas religiosas que tornam a fé em algo genérico, como por exemplo, o Deísmo Terapêutico Moralista (DTM), cuja ênfase principal está na busca pela felicidade, a prontidão de Deus em resolver eventuais problemas e o final feliz para todas as pessoas na mansão celestial. Neste contexto, Biermann argumenta que não são necessariamente estudos
sociológicos que deveriam determinar ações da igreja cristã, senão fazer o que é próprio da igreja, a saber, “ser igreja”.

Publicado

2020-06-05